FANDOM


Em um universo paralelo, o Flash foi a "razão" de os Lordes da Justiça mudarem sua forma de fazer justiça.

História Editar

A história deste Flash era idêntico a de seu homólogo da Liga da Justiça, até o presidente Lex Luthor começar um plano pessoal que colocou o mundo em ameaça de a guerra nuclear. Como parte de seu esquema, Luthor enviou os militares atrás do Flash e, de alguma forma, conseguiram captura-lo. Batido, machucado e enfraquecido, Flash foi levado perante o Presidente. Mantido no lugar por dois soldados, Presidente Luthor pessoalmente e publicamente executou o Flash, atirando-lhe à queima-roupa com uma espingarda de cano único.

Legado Editar

O assassinato injusto do Flash fez com que seus companheiros de equipe retaliassem e atacassem a Casa Branca diretamente. Durante este evento, Superman, pessoalmente, matou Luthor incinerando o Presidente com sua visão de calor. Após a execução do Presidente Luthor, companheiros de Flash tomaram o controle completo de seu mundo. Dois anos mais tarde, a morte do Flash ainda era sentida por seus companheiros de equipe (mais notavelmente por Lanterna Verde e Mulher Gavião) e até mesmo causado Batman para permitir acidentalmente a fuga Liga da Justiça do cativeiro, sobre o medo que o Flash da Liga tinha morrido sobre suas ações durante a sua incursão temporária. Foi durante o encontro com os Lordes que a Liga descobriu que o Flash era a "cola" que prende une a equipe e impede-os de se aventurar por um caminho mais escuro. Superman hesitou antes de tomar a decisão de matar o Flash da Liga, antes que ele fosse parado pelo Superman da Liga da Justiça.

Durante a Crise Cadmus, a forma fundida de Lex Luthor e Brainiac criou uma replica androide do Flash e, em seguida, o vilão fundido tentou matar o Flash para tentar recriar a execução do Flash pelo Presidente Luthor.

Aparições e menções Editar

Liga da Justiça Editar

Liga da Justiça sem Limites Editar